Ideias e poesias, por mim próprio.

Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2022
O monstro

A receita fiscal dos combustíveis no ano de 2021 alcançou 3,5 mil milhões de euros (mm€).

A receita fiscal do Estado Português prevista para 2021 foi de 46,5 mm€.

Já a corrupção e a fraude no Estado Português em 2020, segundo dados do Parlamento Europeu, atingiu 18 mm€.

Portanto, 38% do total dos nossos impostos são para sustentar a corrupção, já a receita fiscal dos combustíveis só alcança 19,5% dessa fatura criminosa.

Em 2020, o total da despesa pública do Estado Português atingiu 98,1 mm€, o que corresponde a 48,4% do PIB nacional.

O desperdício económico (baixas produtividade e rentabilidade, perdas, prejuízos e gastos inúteis e desnecessários) no Estado Português representa atualmente cerca de 34% do total dos seus gastos e necessidades financeiras, ou seja, 33,3 mm€.

Temos assim que, segundo as contas de organismos independentes e credíveis, 52% de toda a despesa efetuada pelo Estado Português é deitada ao lixo, sem qualquer utilidade para os portugueses e contribuintes.

São 51,3 mm€ do esforço e do trabalho dos contribuintes portugueses desbaratados inutilmente!

Mas, este é o mesmo Estado que não dota os seus Tribunais Administrativos e Fiscais (TAF) dos meios humanos e materiais mínimos e necessários para o seu melhor e célere funcionamento a aplicação de justiça, estimados em meros 300 a 400 milhões de euros anuais.

É que já interessa ao Estado Português que os TAF não possam agir e julgar na defesa dos cidadãos, empresas e contribuintes, ao invés permitindo-se assim que os governantes centrais, regionais e locais, autarquias e demais decisores e poderes públicos, particularmente o Fisco, ajam com mãos livres, irresponsável e impunemente.

É que o rápido e melhor funcionamento dos TAF poria, rápida e substancialmente, em causa muitos abusos fiscais, a prepotência e ilegalidade, e, ainda mais a nu, a escandalosa corrupção e o vergonhoso desperdício do dinheiro dos contribuintes.

Estes são uns poucos, mas significativos, dados e contas, mas que deviam fazer-nos a todos pensar na manutenção, ou, melhor, redução drástica deste Estado monstro que nos consome, esmaga e sacrifica.

E, em alternativa, em ordem de um melhor e mais feliz futuro de todos nós, portanto a nosso contento, sem mais ideologias ou políticas estúpidas, mudarmos e diminuirmos radicalmente este Estado.

Ou, afinal, que Democracia e Estado de Direito querem os portugueses?

(artigo do autor, publicado na edição de 31 de Janeiro de 2022 do jornal mensário regional  "Horizonte" de Avelar, Ansião, Leiria)

Horizontejaneiro2022.jpg

 



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 17:02
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 5 de Março de 2021
TAPar

Foi-nos agora imposta a nova obrigação de mais de 3.5 mil milhões de euros, um novo BES, para tapar o buraco deixado pela falida TAP.

Em plena pandemia do Covid 19, com a economia portuguesa arrasada, grassando a fome, a penúria e a doença, o Estado Português dá-se ao luxo de apascentar mais um elefante branco.

Com uma dívida externa de mais de 140% do PIB nacional, mendigando diariamente mais 8 milhões de euros emprestados por hora, a pagar após décadas de juros e com a soberania nacional, em nome da ideologia socialista e estatista, optou-se, uma vez mais, pela irracionalidade económica.

Contudo, pagam prémios milionários aos gestores da ruinosa TAP, figurantes da oligarquia partidocrática, incluída a mulher do Presidente da Câmara da capital.

Mas a TAP foi nacionalizada para distrair a malta com passeios, fornecer a granel bilhetes à classe política para abanarem o rabo à volta do planeta, branqueando-se a incompetência governamental e, todos engalanados, com a bandeira nacional.

Ora, uma empresa pública onde coexistem 15 sindicatos é …muita concorrência de direitos entre os seus trabalhadores.

O que realmente interessava nacionalizar, não custando um tostão aos contribuintes, era a marca TAP.

Os passivos e as dívidas acumulados deviam ser remetidos para a insolvência, apurando-se e, caso comprovadas, punindo-se, as responsabilidades civil e criminal da anterior ruinosa gestão brasileira.

O exemplo bem-sucedido seria o da privatização da sueca SAAB (empresa aeronáutica e automobilística) em 2011, e poupando-se um ror de dinheiro aos contribuintes.

Na altura, o Estado Sueco expropriou a marca a custo zero, passando a propriedade pública, cedendo depois os direitos de fabricação e comercialização no seu território e em regime fiscal favorável e, como contrapartida, recebendo as respetivas rendas financeiras.

E os capitais privados, maioritariamente chineses, tiveram de assumir totalmente os riscos e as responsabilidades laborais, financeiras e patrimoniais da falida SAAB!

Mas, não podemos esquecer que nos Partidos Políticos portugueses ensinam aos jovens aprendizes da governação que para se fazer a economia bastam dois operários, um a abrir e um outro a tapar o mesmo buraco, com uma dúzia de burocratas a gerir e fiscalizar aqueles.

Não admira que o Presidente Marcelo não se baste com uma “bazuca” financeira da União Europeia, reclamando já duas, pois, para estafar cá estão estes “ronaldos” da coisa pública.

O crime e a asneira compensam em Portugal, o povo assiste basbaque e bate palmas.

(twitter: @passossergio)

(artigo do autor, publicado na edição de 28 de Fevereiro de 2021 do jornal mensário regional  "Horizonte" de Avelar, Ansião, Leiria)

Horizonte fevereiro2021.jpg

 



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 16:59
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 19 de Setembro de 2017
O lixo financeiro e a merda em Portugal

Saímos do "lixo" (dizem...) mas continuamos na merda!
Por acaso acabaram em Portugal com a emigração dos jovens para o estrangeiro, o elevado desemprego, a fome das crianças, as elevadas taxas de desemprego, o crónico elevado desemprego dos jovens, os atrasos na justiça, ou aumentaram o Salário Mínimo para valores decentes, o crescimento anémico da economia, o crescimento contínuo da dívida pública portuguesa, a corrupção crítica e crónica do Estado, o despesismo sumptuário e inútil do Estado, as filas de espera nos centos de saúde e para as cirurgias nos hospitais, e já deram um médico de família a 1 milhão de portugueses que ainda não tem cuidados médicos contínuos, uma pensão decente a todos os idosos, decentes saídas profissionais para todos os jovens, etc. etc.
Não me lixem, são já 43 anos consecutivos de uma enorme seita de pantomineiros e aldrabões de governantes a destruir Portugal!

As agência financeiras de rating deviam começar a classificar o lixo de governantes portugueses que temos.



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 09:53
link do post | comentar | favorito (1)

Terça-feira, 27 de Junho de 2017
O crescimento pornográfico da dívida pública portuguesa nos últimos 12 meses

A dívida pública portuguesa (DPP) tinha, no final de abril de 2017, o valor de 244.020.280.780 MM€ .
A DPP em Outubro de 2016 era de 236.774.835.815 MM€.

A DPP nos referidos 6 últimos meses contados cresceu 7 mil 245 milhões 444 mil 975 euros!

Nos últimos 12 meses, terminados a Abril de 2007, a DPP cresceu 37.675.805 €.

Enquanto isso nos 12 meses de 2016 tinha crescido 27.103.923 € e nos últimos 12 meses de 2015 tinha crescido  25.305.121 €

Só em abril de 2017 a dívida emitida aumentou 3.997.055.600 € relativamente ao mês anterior!!!

Em Abril de 2017 a DDP ascendia a131,9% do PIB português, igual valor nominal do que em Abril de 2016.

Ora, mais depressa se apanha um António Costa e um Mário Centeno do que um coxo"!

 

costa&centeno.jpg

 



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 18:14
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 2 de Junho de 2017
Os otários somos nós???

A dívida pública fixou-se em 247,4 mil milhões de euros em abril, mais 3,9 mil milhões de euros do que o registado no final de março, divulgou hoje o Banco de Portugal.

Segundo a informação hoje conhecida, o aumento entre março e abril (de 1,6%) reflete "emissões líquidas de títulos de 3,5 mil milhões de euros" - emissões de dívida pública - e ainda "um incremento das responsabilidades em numerário e depósitos" de 300 milhões de euros.

Também face a abril de 2016, houve um aumento da dívida pública, em 11.451 milhões de euros ou 4,85% em termos relativos.

Quanto ao valor da dívida face ao Produto Interno Bruto (PIB), os últimos dados são de março, quando este rácio era de 130,6%, ligeiramente acima dos 130,4% de dezembro de 2016.

Quanto à dívida líquida de depósitos, uma vez que os depósitos da administração central aumentaram 2,8 mil milhões de euros, esta aumentou 1,1 mil milhões de euros face a março para 227,6 mil milhões de euros, ainda segundo o Banco de Portugal.

Também na variação homóloga, em abril passado aumentou a dívida líquida de depósitos da administração central em 7.906 milhões de euros, o que representa um acréscimo de 3,60%.

O elevado endividamento do Estado é tido como um dos principais problemas das contas públicas portuguesas, sendo frequentemente vincado pelas agências de 'rating' que atribuem a notação financeira soberana.

Ora, isto é simples de perceber, há 43 anos são Portugal e os seus recursos a serem vendidos ao desbarato!!!
Oh tugazito, ainda não percebeste porque "tanto"cresce a economia portuguesa?
O Marcelo e o Costa, quando te contam as patranhas do falso crescimento da economia portuguesa, querem fazer-te passar por otário, e tu ainda não percebeste???
Só no passado mês de Abril a dívida pública portuguesa cresceu mais 3,9 mil milhões de euros.

Abre a pestana portuguesito!!!

 

DIPLOMA-DE-OTARIO.jpg

 

 

 



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 15:57
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 10 de Julho de 2015
Passos Coelho: a endividar o país a 887 mil euros à hora!

O défice das contas públicas nos últimos 12 meses foi de 7.788 milhões de euros, tendo piorado 891 milhões em relação ao período homólogo de 2013/2014!

A dívida do Estado continua a aumentar à razão de cerca de 7 milhões de euros à hora, ascendendo o crescimento da dívida pública portuguesa a mais de 21,3 milhões de Euros por dia...!!!

O défice do Orçamento Geral de Estado de 2015 já vai em 5%...

Ora ...se nas vossas famílias os vossos filhos todos os dias gastassem mais do que os pais produzissem, esses filhos seriam imediatamente chamados à razão e levariam até uns açoites se não mudassem rapidamente desses maus hábitos.

Em Portugal, em contrapartida, o Estado gasta cada vez mais, aumenta a dívida pública, levando à asfixia os contribuintes, hipotecando-se o futuro e vendendo-se ao estrangeiro a nossa soberania, e os portugueses continuam assobiando para o lado e fazem de conta que não se passa nada.

Perante a loucura suicidária do Governo de Passos Coelho/Paulo Portas, pode ser que a Grécia, um dia destes, ainda nos venha a parecer uma pêra doce!

 

passoscoelhomentiroso.jpg

 

 



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 10:31
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quarta-feira, 15 de Abril de 2015
O aumento diário da dívida pública: ou, como os portugueses andam a ser endrominados!
A dívida pública portuguesa no final de 2013 era de 204.252.341.733€.
No final de 2014 era de 217.126.401.453€:
No final de Fevereiro de 2015 era de 228.226.646.971€.
...
Quem é que disse que a dívida pública está controlada, e que a mesma já não está a crescer.
Afinal, Portugal está diferente da Grécia no quê?
 

Dívida_pública_bruta_de_Portugal.png

 

 

 

 
 


publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 15:42
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 2 de Março de 2015
A falácia dos juros baixos da dívida pública e a ruína nacional.

O que verdadeiramente interessa aos portugueses era sim a dívida pública portuguesa efetivamente a baixar, mas isso o Governo de Portugal não faz, e parece mesmo que não lhe interessa fazer!

O Governo de Portugal, com conluio com os inimigos de Portugal e dos portugueses, apenas continua a aumentar desenfreadamente a dívida pública.

Mas, não admira mesmo nada que os usurários estrangeiros continuem a emprestar mais dinheiro a juros baratos e, aparentemente e provisoriamente os juros da dívida estejam a baixar.

Mas, o pior estará para vir quando nós já não pudermos pedir mais dinheiro emprestado, ou, unilateralmente os credores estrangeiros decidam não nos emprestar mais.

Porque os credores estrangeiros, nos quais se inclui o Banco Central Europeu, só nos emprestarão dinheiro até ao limite das nossas forças, ou seja quando nós estivermos de tal maneira endividados que já não tenhamos mais garantias reais para dar ou outros meios para continuarmos a pagar mais juros, nessa altura, cessarão os empréstimos.

Nessa altura esses credores usurários aumentarão  os juros para valores tão altos que nos conduzirão a uma situação tal em que seremos obrigados a vender ao desbarato os ativos nacionais, o que aliás já está a acontecer, ou até mesmo empenharmos a nossa soberania e colocarmos-nos de joelhos perante os países e credores estrangeiros que visam a rapina de Portugal!

Os juros baratos da dívida pública não são mais do que uma falácia e uma armadilha que apenas, e tão-somente, nos vai conduzir apenas à servidão perante entidades estrangeiras de usura e rapina!

Portanto, o aumento incessante da dívida pública, a qualquer taxa de juros, só nos conduzirá ao aumento da nosso servidão para com os inimigos de Portugal, levando os portugueses a uma crescente pobreza e miséria nacionais.

Basta de dívidas, proíbam-se os Governos Portugal de contraírem mais dívidas e obrigue-se o Estado a poupar seriamente na despesa e vivendo modestamente das capacidades dos portugueses!

grafico.png

 



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 11:26
link do post | comentar | favorito

Domingo, 1 de Fevereiro de 2015
Eles mentem senhor, mentem com todos os dentes

A nulidade provada do Governo de Passos Coelho e da sua Ministra Maria Luís Albuquerque:

"A despesa corrente das Administrações Públicas sem a componente do serviço da dívida, isto é, aquilo que as mesmas gastam no seu funcionamento, reduziu-se 0.9% em 2014."

- por João Ferreira do Amaral -

 

O aumento da dívida pública de Portugal em 2014, em 8 mil milhões de euros, foi igual ao total da receita fiscal.

- dados do Instituto Nacional de Estatística -

 

passocoelhoemarialuis.JPG

 



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 22:20
link do post | comentar | favorito

Sábado, 27 de Dezembro de 2014
Os milhares de milhões roubados nos últimos 40 anos pelos políticos portugueses piratas.

Sabe quem são os políticos portugueses piratas e quanto é que eles roubaram depois do 25 de Abril de 1974, e continuam roubando até hoje, Portugal e os portugueses?

Veja bem então estes dois dados comparativos e reflita em quem nos governou, e continua governando, nestes últimos 40 anos de pseudo-democracia e no quanto já nos roubaram:

Dívida Pública:

Em 30 de Outubro de 2014 a dívida pública ascendia a 207.396.000,99 €. Rácio dívida pública/PIB: 119,6% (fonte: Banco de Portugal). Aumento da Dívida Pública nos últimos 12 meses: 9.175.000.000,00 €. Aumento diário da dívida pública: 25.136.990,00 € dia.

A 25 de Abril de 1974 a dívida pública equivalia a cerca de 14% do Produto Interno Bruto, correspondendo a preços de então a 304 milhões de euros, equivalendo a preços de hoje a 10 mil milhões de euros. Hoje a dívida pública é 21 vezes maior do quem há 40 anos atrás. Cada português deve agora 21 mil euros, quando devia apenas 1.000 euros em 1974.

Juros da Dívida Pública em 2013:

Ascendem a 6.924.000,00 € (fonte: Banco de Portugal), equivalente a quase 70% do valor total da dívida pública de 1974.

Reservas de Ouro do Banco de Portugal:

Atualmente julga-se (!?, será verdade...?) que se encontrem 382.509,58 kg. (dados oficiais em 31 de Dezembro de 2010) em reserva no Banco de Portugal.

Mas a 25 de Abril de 1974 eram 865.936 kg de ouro!

Ou seja, em 36 anos foram alienadas 483.426,42 kg. de ouro das reservas do BdP, o que dá uma média de gasto de 13.428,50 kg. por ano.
As 483 toneladas de ouro alienadas desde o 25 de Abril de 1974 até aos dias de hoje valeriam, aos preços atuais, aproximadamente 17 mil milhões de Euros!

E não se sabe onde e como foram gastas quase 500 toneladas de ouro!

 

Fazendo bem as contas destes últimos 40 anos, somando o montante do escandaloso aumento da dívida pública e ao valor do montante desaparecido das reservas de ouro, estes piratas "abotoaram-se" com qualquer coisa como mais de 215 mil milhões de euros!!!

E alguém já pediu contas a todos estes políticos ladrões?

Onde pára a Justiça para julgar estes criminosos?

 

Veja bem quem anda a roubar escandalosamente os portugueses, e dizendo-se eles que são democratas

Pense bem nisto!

 

iiirepublica.png

 



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 22:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2022
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

O monstro

TAPar

O lixo financeiro e a mer...

O crescimento pornográfic...

Os otários somos nós???

Passos Coelho: a endivida...

O aumento diário da dívid...

A falácia dos juros baixo...

Eles mentem senhor, mente...

Os milhares de milhões ro...

arquivos

Maio 2022

Abril 2022

Março 2022

Fevereiro 2022

Janeiro 2022

Dezembro 2021

Novembro 2021

Outubro 2021

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Junho 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds
últ. comentários
Conversa de 1914 não obrigado!.[sim: o europeu-do-...
Boa noiteA Rússia é comunista, ou é o atual govern...
Talvez se a educação em Deus se baseasse mais na o...
Parabéns pelo seu Blog. Queremos convidá-lo para o...
pois é sempre bom um aeroporto internacional.
Boa noiteNão é preciso inventar uma nova constitui...
Estamos mesmo a comparar o presidente do Banco de ...
Bem pregas frei tomas ..., pelos vistos é você mes...
interessante ouvir vociferar contra a VENDA do our...
Olá!Quer saber mais do Brazão de Castro - Secretár...
blogs SAPO
Em destaque no SAPO Blogs
pub