Ideias e poesias, por mim próprio.

Quinta-feira, 5 de Agosto de 2010
Crimes dos políticos são imprescritíveis.

Precisamos com urgência de uma nova Assembleia Constituinte, fundada no genuíno e profundo povo, onde assenta a legitimidade de todo e qualquer poder. Mas caso os políticos e os demais que possuíram e desgovernaram a coisa pública nos últimos 36 anos não saiam a bem do poder, vão sair a mal, pela força e com violência, se necessário for. A próxima revolução não vai ser com flores. Não vai não. Vai ser uma revolução à séria, em que muitos vão ter que pagar com o justo preço e na cor adequada as iniquidades por eles cometidas. E toda a riqueza acumulada nestes anos todos por esses corruptos terá que ser devolvida ao Povo e ao Estado português.



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 19:15
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 30 de Julho de 2010
Mudar de verdade Portugal.

Isto não vai lá pela nossa pseudo-democracia. O actual sistema e os seus políticos controlam-na mafiosamente e servem-se dela para enriquecerem e continuarem a alimentar as suas vidas viciosas, sem escrúpulos e sem moral. E perpetuando as suas sementes daninhas. Deste actual povo comum não podemos esperar muito, porque habituaram a subsídios, preguiça e vícios, e se lhe derem a hipótese de ser como eles, postos no lugar deles, ainda fazem pior. Há já muitos anos que não acredito nesta democracia maçónico-corrupta, nem no Bloco Central parasitário, nem neste Estado mal-en-Direitado. Só poderá haver uma mudança efectiva pela via da força. Terá de ser por um pequeno grupo, mas esclarecido e convicto, disposto a sacrificar-se e querer levar Portugal a um lugar diferente.



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 12:03
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 7 de Maio de 2010
O regime do poeta.

Há um poeta e um regime

Poeta e regime, até há quem o diga,

Ou ao contrário.

Eles estão um para o outro

Ele é um tempo da fome e do povo

E das suas abundâncias deles poeta e do regime

O povo que é povo morre e não canta

O poeta e o regime aumentam a pança

O regime do poeta engorda e colesterol

O regime ao povo oprime, prende e sufoca

O poeta quer ser mandão e não lhe dão.

Foi lá longe ao atlântico declamar a República

Povo já não há, há povo e cidadão

Poetas os há, oiço-os calados e amputados

Há um poeta e há um regime e ressoa

Há um poeta com uma pança a maior

Há um povo com fome e menor

Há palavras não ditas e guardadas no rancor

Eis o povo, o regime e o do poeta

Eis povo o fim para onde caminhas

O poeta canta decerto a história do fim

Há poeta e poeta e quem o queira e que o compre.

Mandam os que lá estão, são mandados os humilhados.

A palavra fá-la ou não o povo

A palavra não se cala e não fala

O sonho vive mesmo com o poeta e o seu regime.



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 23:14
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

27
28
29


posts recentes

Os beneficiários das "pen...

As leis sempre adiadas pa...

Políticos a fingir

A necessidade de responsa...

Patifes.

Como a Comissão Nacional...

...

Já não há vergonha em Por...

Eles querem Portugal quei...

O Bloco de Esquerda e a s...

arquivos

Setembro 2021

Agosto 2021

Julho 2021

Junho 2021

Maio 2021

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Junho 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds
últ. comentários
Parabéns pelo seu Blog. Queremos convidá-lo para o...
pois é sempre bom um aeroporto internacional.
Boa noiteNão é preciso inventar uma nova constitui...
Estamos mesmo a comparar o presidente do Banco de ...
Bem pregas frei tomas ..., pelos vistos é você mes...
interessante ouvir vociferar contra a VENDA do our...
Olá!Quer saber mais do Brazão de Castro - Secretár...
"É sabido que o excesso de velocidade é em Portuga...
Dediquei-me a pesquisar os nomes das primeiras dez...
E se a legislação que se prepara for avante? Como ...
blogs SAPO
Em destaque no SAPO Blogs
pub