Ideias e poesias, por mim próprio.
Sábado, 11 de Janeiro de 2014
É o Ministério Público ou é a PIDE?
Propostas como as de espiar, estropiar profissionalmente, ou punir com penas capitais os jornalistas, só consigo lembrar as semelhantes medidas que são praticadas em ditadura, ou em regimes totalitários. Mas é o que acabamos de ouvir a pessoas ilustres ligadas ao Ministério Público, logo ao Órgão de Soberania Tribunais. Tenho de concluir que começa a ficar extremamente perigoso viver em Portugal. Estas pessoas que propõem estas medidas persecutórias contra os jornalistas são pessoas que odeiam a liberdade de informação, odeiam a liberdade de expressão e para quem a democracia é um enorme incómodo. Ora, perante estes instintos persecutórios, fica quase um luxo perguntar-lhes pelo exercício da liberdade de expressão ou da informação. E nem sequer vale a pena perguntar pelo respeito mínimo pela democracia e pelas liberdades das pessoas, porque disso eu desde sempre estive convicto que nunca existiu plenamente em Portugal. Os métodos legítimos e democráticos para combater a violação ao segredo de justiça não se podem fazer punindo indiscriminada e brutalmente os jornalistas que se limitam a cumprir o seu ofício divulgando a informação. Uma tal violentação do jornalismo e da liberdade de informação é a volta aos métodos pidescos conhecidos no Estado Novo e na ditadura salazarista. Os jornalistas e o jornalismo livre e democrático são parte vital de uma legítima democracia, jamais podendo ser subvertidos ou esmagados. Afinal, perante este absurdo persecutório contra o jornalismo, parece já não haver a espantar, porque o 25 de Abril de 1974, uma vez mais, parece demonstrar a sua gigantesca farsa, e os anti-democratas de antes apenas mudaram de poiso. Na verdade, para se fazer uma democracia são indispensáveis verdadeiros democratas, ou seja, coisas desconhecidas em Portugal!



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 11:45
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 10 de Janeiro de 2014
O PSD requereu a sua insolvência?

A candidatura solitária de Passos Coelho à nova liderança do Partido Social Democrata, de mais um mandato à frente dos destinos do PSD, ou seja a recandidatura de Passos Coelho à presidência do PSD, portanto a sua própia reeleição, só vem mostrar o quanto grassa a mediocridade dentro do PSD.
Mas, dentro daquele "saco-de-gatos", ou "albergue espanhol", ou "baderna", ou "caso de negócios", ou entreposto de negócios", ou "casa de alterne", ou "associação de lojas maçónicas", ou "laranjal podre", "agência de empregos", ou "ninho de cobras", ou..., não há nada melhorzinho que aquela figurinha?

Quanto mais não fosse porque o PSD com Passos Coelho nos próximo atos eleitorais, as Europeias de 2014 e as Legislativas de 2015, o PSD vai, certamente, desaparecer do mapa eleitoral!
Oh pobre PSD, oh tristeza franciscana, ao nível a que o PSD chegou...!

Ou, será que o PSD requereu a sua própria insolvência, ou seja abriu falência, e os portugueses disso ainda não foram informados?

 



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 12:03
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 7 de Janeiro de 2014
Eusébio e os cromos.

Perante a grandiosa homenagem, numa sentida romaria popular, ao herói do povo Eusébio, algumas pequenas personagens do burgo nacional aproveitaram a ocasião para manifestarem o quanto a inveja lhes rói a alma:

1) Mário Soares, o ex-presidente, apelidou Eusébio de "modesto", "pouco instruído", "com pouca cultura", que "bebia whisky" e "não se esperava dele que fosse um pensador". Oh Dr. Soares, esses infelizes epítetos não lembram nem ao esquimó, no mínimo só mostram a sua condição de ignorante! Vá lá mas é beber o seu copinho de leite... tá na sua hora!

2) A Sra. Assunção, a loira presidente da Assembleia da República, foi dizendo que não exclui a ida dos restos mortais de Eusébio para o Panteão, mas que isso custa centenas de milhares de euros a suportar pelo orçamento do parlamento". Refira-se que a última transladação, de Aquilino Ribeiro, custou ao Estado 40 mil euros. Ou estariia a Sra. Presidente da AR desta vez preocupada com os 60 milhões de euros de subvenção para campanhas eleitorais pagos pela AR em 2013 aos partidos políticos? Ou, estaria ele a pensar na sua imoral pensão de mais 7 mil euros por mês conseguida aos meros 42 anos de idade?

3) O deputado socialista, filhinho do papá Brandão, veio mandar o "bitaite" que, se não lhe tinha escapado qualquer alteração da lei, os restos mortais de Eusébio não poderiam ir para o Panteão antes de decorrido 1 ano após a respetiva morte. Oh Sr. deputado da nação, deixe-me perguntar-lhe: mas o senhor legislador ainda não sabe a quantas andam as leis da competência da própria assembleia da república? Ou, foi apenas uma sua piadinha saloia?

4) O auto-entitulado jornalista Joaquim Vieira (alguém sabem que ele é?) veio contar uma rocambolesca história passada em Lisboa, no início dos anos 80, em que, numa noite, uma certa mulher teria sido agredida por Eusébio, após uma perseguição que durou quilómetros (!) e que aquela o teria obsequiado com o gesto obsceno de cornos. Oh, senhor jornalista, desculpe lá, por acaso isso não terá um qualquer laivo duma fantasia erótica, ora pense lá melhor: Eusébio=homem de cor negra, perseguição=assédio, mulher=sexo, cornos=pénis! Não haverá aí algo pessoal para sair do seu "armário"?

Mas que raio de cromos estes, e não são do futebol.
Os cães ladram, mas, certamente, a caravana passa!

 



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 10:34
link do post | comentar | favorito

Cromos.

Perante a grandiosa homenagem, numa sentida romaria popular, ao herói do povo Eusébio, algumas pequenas personagens do burgo nacional aproveitaram a ocasião para manifestarem o quanto a inveja lhes rói a alma:

1) Mário Soares, o ex-presidente, apelidou Eusébio de "modesto", "pouco instruído", "com pouca cultura", que "bebia whisky" e "não se esperava dele que fosse um pensador". Oh Dr. Soares, esses infelizes epítetos não lembram nem ao esquimó, no mínimo só mostram a sua condição de ignorant! Vá lá mas é beber o seu copinho de leite... tá na sua hora!

2) A Sra. Assunção, a loira presidente da Assembleia da República, foi dizendo que não exclui a ida dos restos mortais de Eusébio para o Panteão, mas que isso custa centenas de milhares de euros a suportar pelo orçamento do parlamento". Refira-se que a última transladação, de Aquilino Ribeiro, custou ao Estado 40 mil euros. Estaria a Sra. Presidente da AR desta vez preocupada com os 60 milhões de euros de subvenção para campanhas eleitorais atribuídos em 2013 aos partidos políticos? Ou, seria com a sua imoral pensão de mais 7 mil euros por mês conseguida aos meros 42 anos de idade?

3) O deputado socialista, filhinho do papá Brandão, veio mandar o "bitaite" que, se não lhe tinha escapado qualquer alteração da lei, os restos mortais de Eusébio não poderiam ir para o Panteão antes de decorrido 1 ano após a respetiva morte. Oh Sr. deputado da nação, deixe-me perguntar-lhe: mas o senhor legislador ainda não sabe a quantas andam as leis da competência da própria assembleia da república? Ou, foi apenas uma sua piadinha saloia?

4) O auto-entitulado jornalista Joaquim Vieira (alguém sabem que ele é?) veio contar uma rocambolesca história passada em Lisboa, no início dos anos 80, em que, numa noite, uma certa mulher teria sido agredida por Eusébio, após uma perseguição que durou quilómetros (!) e que aquela o teria obsequiado com o gesto obsceno de cornos. Oh, senhor jornalista, desculpe lá, por acaso isso não terá um qualquer laivo duma fantasia erótica, ora pense lá melhor: Eusébio=homem de cor negra, perseguição=assédio, mulher=sexo, cornos=pénis! Não haverá aí algo pessoal para sair do seu "armário"?

Mas que raio de cromos estes, e não são do futebol. Os cães ladram, mas, certamente, a caravana passa!

 

 



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 00:43
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 6 de Janeiro de 2014
Eusébio, um moçambicano português!

Eusébio, um moçambicano português!

Um dos maiores portugueses do Séculos XX.

 

 

 

 



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 11:43
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 3 de Janeiro de 2014
Os Tribunais de Ansião e Alvaiázere ficam aonde?

O fim dos tribunais de Ansião e Alvaiázere é uma simples história de dois óbitos e um funeral há muito anunciados.

As pressões exercidas por alguns ansianenses peticionários na defesa do seu tribunal apenas surtiram alguns sinais ilusórios de cedência aos interesses locais por parte da Ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz.

Ainda sem confirmação oficial, as recentes obras no rés-do-chão no edifício judicial de Ansião indiciam que, no lugar e em substituição do atual Tribunal de competência genérica e no âmbito da próxima reforma da organização judiciária, vão aí surgir um mero posto de atendimento, tal como em Alvaiázere, e um outro pequeno juízo de competência especializada de Execuções.

Não há nenhuma poupança relevante para o Estado nesta política de extinção de tribunais, nem sequer há qualquer vantagem substancial para a Justiça na criação dos novos tribunais especializados, a medida só serve para empobrecer ainda mais o interior do país e dar um arzinho de modernidade.

A evidente menorização judiciária destas duas comarcas já era de adivinhar quando, em Fevereiro de 2013, o tema foi levado à Assembleia República e aí não se conseguiu mais do que umas poucas palavras de circunstância.

Perante a eminente perda dos dois Tribunais de competência genérica e soberania local eram exigíveis outros gestos mais enérgicos, nomeadamente, do PSD local e dos presidentes das Câmaras atingidas, arrojando-se a admoestarem o 1.º ministro Passos Coelho e o PSD nacional ou, até, mesmo colocando os seus lugares à disposição.

Eram necessários atos decididos de defesa das nossas terras e gentes, reagindo em frontal oposição à atual política governamental de destruição judiciária do interior do país.

O terreiro do paço em Lisboa é hoje formado por gente que odeia pessoas e governa para destruir Portugal.

Mas o povo não dorme caso a justiça se venha a tornar impraticável.

Um dia Ansião e Alvaiázere recuperarão, estou convicto, os seus Tribunais, quando possuírem representantes à altura da sua História e dos seus pergaminhos.

Até lá, a alternativa pode ser uma explosão social. 

 

 

 

(artigo do autor publicado na edição de 1 de Janeiro de 2014 do mensário regional Horizonte, de Avelar, Ansião, Leiria - http://www.jhorizonte.com)



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 16:33
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 2 de Janeiro de 2014
A Assembleia da República emitiu comunicado oficial público e à comunicação social a desmentir-me!

A Assembleia da República emitiu e fez publicar, no passado dia 6 de Dezembro de 2012, no seu sitio oficial da internet, um comunicado público a desmentir o meu anterior artigo colocado aqui no blog sobre o aumento dos subsídios de férias aos senhores deputados.

O comunicado pode ver-se no seguinte endereço: http://www.parlamento.pt/Paginas/XIIL3S_EsclarecimentoSubsidiosNatalDeputados20131205.aspx

 

 

 

Para quem não estiver recordado, ou não tiver visto, aqui fica o endereço do meu anterior artigo com o título "Subsídios de Férias e de Natal dos deputados para 2014 aumentam 91,8%!": http://euacuso.blogs.sapo.pt/210722.html e que agora mereceu este comentário oficial e comunicado à comunicação social da Assembleia da República.

Ora, apraz-me ver e reconhecer que aquela infeliz casa, que de democrática e transparente não tem nada, me reconheça como opositor a este corrupto e decadente regime.

A minha luta só terminará no dia em que Portugal viva sob uma democracia cívica e humana, ou seja uma democracia do povo, para o povo e pelo povo, portanto livre da partidocracia, da corrupcia e plutocracia!

Viva Portugal!



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 11:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Aeroporto

TAPar

Abstenção

Grunhos

Desajustados

O poder da ignorância

 Deputada falsificada

Racismo

Tele-ausência

Calamidade de Estado

arquivos

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Junho 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds
últ. comentários
"É sabido que o excesso de velocidade é em Portuga...
Dediquei-me a pesquisar os nomes das primeiras dez...
E se a legislação que se prepara for avante? Como ...
Sr. Doutor Sérgio Passos, um bem haja ao seu profi...
Coimas mandadas para casa, é muito simples, no avi...
Da minha, não. Descontei para ela.
O meu e-mail é sergio.passos@sapo.pt. Poderá conta...
Agradeço muito sinceramente o seu conselho. Seguir...
Nos termos do artigo 21o da Constituição da Repúbl...
Que pode um cidadão fazer contra este estado de co...
blogs SAPO
Em destaque no SAPO Blogs
pub