Ideias e poesias, por mim próprio.
Quarta-feira, 30 de Maio de 2012
PELA NACIONALIZAÇÃO DAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS, JÁ!

Se as Parcerias Público-Privadas, como afirmou o Juiz do Tribunal de Contas Carlos Moreno, a partir de 2012/2013, vão passar a custar anualmente aos portugueses 2 mil milhões de Euros, que são aproximadamente o custo dos desumanos sacrifícios dos portugueses, que levam à fome e à desnutrição centenas milhares das nossas crianças, que destroem os sonhos a dezenas de milhares de adolescentes e jovens sem estudos e sem soluções de futuro e sem emprego, que matam antecipadamente milhares dos nossos idosos por falta de cuidados médicos e medicamentos, que levam centenas de milhares de adultos ao desemprego, ao desespero e à emigração forçada, que separam milhares de famílias, que hipotecam o nosso futuro comum e aniquilam Portugal, porque não se põe um fim imediato e urgente a esta ignomínia humana?

Por acaso valerão mais a fortuna e o luxo meia dúzia de gestores multimilionários e de acionistas privados do que os muitos milhões de portugueses que sofrem na sua sobrevivência diária os problemas terríveis da fome, da doença, da destruição humana, familiar e social?

É conhecida e sabida a forma irresponsável e criminosa como os respetivos contratos foram negociados, com custos astronómicos e incalculáveis prejuízos para os contribuintes portugueses que se contam até ao ano de 2050 em quase 50 mil milhões de Euros.

É sabida a forma onerosa e gravosa como foram negligenciados os respetivos contratos, com conhecidos e evidentes prejuízos graves para o Erário e o Património Públicos, em que pontes, estradas, solos, água e inúmeros recursos naturais foram alienados levianamente a favor de privados.

Ora, nenhum fundamento justo, nenhuma razão ponderosa, nenhumas legitimidade ou legalidade podem aceitar e permitir esta exploração desumana, arbitrária e criminosa contra os portugueses.
Não se podem mais permitir, nem justificar, ou sequer tolerar que o povo português e tantos e tantos milhões de portugueses sejam leviana e criminosamente sacrificados no altar dos interesses mesquinhos e no proveito desproporcional de tão poucos.

Portanto e imperiosamente, outra solução não resta do que o Povo Português, no seu interesse e na sua salvação, pela sua Dignidade, pelo Futuro dos seus Filhos e pela Salvação Nacional, exigir que a Assembleia da República crie e fala aplicar a Justiça sob a forma de objecto de apropriação pública, por via de nacionalização, e no todo, por forma e via de Lei: a Nacionalização das Parcerias Público-Privadas.

 

BASTA DA EXPLORAÇÃO DESUMANA CAUSADA AOS PORTUGUESES PELAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS!

O POVO PORTUGUÊS EXIGE A IMEDIATA NACIONALIZAÇÃO DAS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS!



publicado por Sérgio Passos (twitter: @passossergio) às 00:41
link do post | favorito

Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2021
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Aeroporto

TAPar

Abstenção

Grunhos

Desajustados

O poder da ignorância

 Deputada falsificada

Racismo

Tele-ausência

Calamidade de Estado

arquivos

Abril 2021

Março 2021

Fevereiro 2021

Janeiro 2021

Dezembro 2020

Novembro 2020

Outubro 2020

Setembro 2020

Agosto 2020

Julho 2020

Junho 2020

Maio 2020

Abril 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Junho 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

tags

todas as tags

subscrever feeds
últ. comentários
"É sabido que o excesso de velocidade é em Portuga...
Dediquei-me a pesquisar os nomes das primeiras dez...
E se a legislação que se prepara for avante? Como ...
Sr. Doutor Sérgio Passos, um bem haja ao seu profi...
Coimas mandadas para casa, é muito simples, no avi...
Da minha, não. Descontei para ela.
O meu e-mail é sergio.passos@sapo.pt. Poderá conta...
Agradeço muito sinceramente o seu conselho. Seguir...
Nos termos do artigo 21o da Constituição da Repúbl...
Que pode um cidadão fazer contra este estado de co...
blogs SAPO
Em destaque no SAPO Blogs
pub