Ideias e poesias, por mim próprio.

Segunda-feira, 10 de Abril de 2017
Aeroporto do dito cujo

Aeroporto da "treta" e dos "tretas", digo eu.
Para o batizado do aeroporto da Madeira com o nome de Cristiano Ronaldo foram fretados dois aviões com incontáveis comitivas de engravatados, um à conta do Orçamento da Presidência da República, ou como eu chamo o do "palhaço da república", de o outro à conta do Orçamento da Presidência do Conselho de Ministros", ou como eu chamo o "maior ilusionista de Portugal".
Ou seja, dezenas de milhar de euros gastos em viagens, hotéis, estadias, alimentação, transportes e demais mordomias, e tudo a esmifrar os impostos dos contribuintes.
Fez-se a matança e comeram os porcos, e sem que ainda se soubesse, encontrando-se os Governos da República e o Regional à espera da resposta do pedido de parecer à Procuradoria-Geral da República se a atribuição do nome de Cristiano Ronaldo, ou seja, se o show para o enriquecimento da marca privada do CR7, é ou não legal.
Ora, digam lá se esta "alta vagabundagem" da República é ou não esperta?!

 

bustoronaldo.png



publicado por Sérgio Passos às 10:12
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 10 de Outubro de 2014
O Estado Português na mão dos oligarcas.

O regime político português, quer o Estado Central, Descentralizado ou nas Autarquias, e até mesmo nos Órgãos de Soberania, possui uma vincada natureza autocrática e despótica: muitos ministros, autarcas, dirigentes, gestores ou agentes públicos para calarem e eliminarem os cidadãos que ousam fazer criticas ou denuncias públicas por atos corrupção, incompetência, mau governo e ou abuso de poder, retaliando persecutoriamente contra estas pessoas, por meio do uso e abuso criminoso dos poderes públicos legais, ou do erário público, para tanto lançando mão de atos persecutórios ao nível dos concursos, das contratações, nos licenciamentos, nos pagamentos, etc. etc., assim prejudicando pelas mais diversas formas os profissionais, empresas ou cidadãos e até mesmo as difamando.

Do que se tratam e são estes indivíduos, afinal, mais não são do que oligarcas.

Ou seja, os políticos para se manterem a todo e qualquer custo nas cadeiras do poder, usam o próprio poider político para atacarem os seus concidadãos.

Os partidos políticos, os agentes políticos e muitos titulares de cargos políticos usam os poderes e os meios públicos para atacarem e destruírem as pessoas que lhes façam frente.

Qual democracia qual quê, Portugal desceu já abaixo de uma República rameira e, despudoradamente, encontra-se ao serviço de reles criminosos e bandoleiros.

Bandidos, tenham vergonha, também há de chegar a vossa hora de serem justiçados!


 

oligarcas.png

 



publicado por Sérgio Passos às 11:00
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 23 de Julho de 2014
Presidência do Conselho de Ministros tem 530 carros ao seu serviço e custa por ano aos contribuintes 260 milhões, 310 mil e 77 euros.

A Presidência do Conselho de Ministros, chefiada por Passos Coelho, custa anualmente aos contribuintes portugueses a pornográfica despesa de 260 milhões, 310 mil e 77 euros.

(Ver em:

http://www.dgo.pt/politicaorcamental/Paginas/OEpagina.aspx?Ano=2014&TipoOE=Or%u00e7amento+Estado+Aprovado&TipoDocumentos=Lei+%2f+Mapas+Lei+%2f+Relat%u00f3rio)

Definição: A Presidência do Conselho de Ministros (PCM) é o departamento central do Governo de Portugal. Tem por missão prestar apoio ao Conselho de Ministros e aos demais membros do Governo nele integrados e promover a coordenação dos diversos departamentos governamentais que a integram. A PCM é equiparada a um ministério diretamente chefiado pelo primeiro-ministro, na sua qualidade de presidente do Conselho de Ministros.

São tachos e mais tachos, boys e girls no Governo de Passos Coelho.

 

Ora, a austeridade é apenas o preço da corrupção a pagar pelos portugueses!

Só o Gabinete do Primeiro Ministro Passos Coelho detém uma frota de 31 carros de luxo de alta gama, uma dúzia de motoristas e ainda dezenas de boys e girls com vencimentos milionários!

 

E a Presidência do Conselho de Ministros tem uma frota total de 530 carros, para distribuir pelos ministros, secretários de estado e assessores!

Em conjunto os ministério governamentais e as suas secretarias de estado, em 2013, possuíam uma frota que contava 26 mil 861 carros!

(Ver em: http://www.espap.pt/docs/eSPap_Relat_PVE_1T2013.pdf)

 

EIS A COMPOSIÇÃO DO GABINETE DO ''NOSSO'' 1º-MINISTRO E OS SEUS VENCIMENTOS:

 

Por,
Função:
Nome:
Idade:
Nomeação:
Vencimento:

Chefe de Gabinete
Francisco Ribeiro de Menezes
46 anos
06-08-2011
4.592,43

Assessor
Carlos Henrique Pinheiro Chaves
60 anos
21-06-2011
3.653,81

Assessor
Pedro Afonso A. Amaral e Almeida
38 anos
18-07-2011
3.653,81

Assessor
Paulo João L. Rego Vizeu Pinheiro
48 anos
11-07-2011
3.653,81

Assessor
Rudolfo Manuel Trigoso Rebelo
48 anos
21-06-2011
3.653,81

Assessor
Rui Carlos Baptista Ferreira
47 anos
21-06-2011
3.653,81

Assessora
Eva Maria Dias de Brito Cabral
54 anos
12-10-2011
3.653,81


Assessor
Miguel Ferreira Morgado
37 anos
21-06-2011
3.653,81

Assessor
Carlos A. Sá Carneiro Malheiro
38 anos
01-12-2011
3.653,81

Assessora
Marta Maria N. Pereira de Sousa
34 anos
21-06-2011
3.653,81

Assessor
Bruno V. de Castro Ramos Maçaes
37 anos
01-07-2011
3.653,81

Adjunta
Mafalda Gama Lopes Roque Martins
35 anos
01-07-2011
3.287,08

Adjunto
Carlos Alberto Raheb Lopes Pires
38 anos
21-06-2011
3.287,08

Adjunto
João Carlos A. Rego Montenegro
34 anos
21-06-2011
3.287,08

Adjunta
Cristina Maria Cerqueira Pucarinho
46 anos
23-08-2011
3.287,08

Adjunta
Paula Cristina Cordeiro Pereira
41 anos
22-08-2011
3.287,08

Adjunto
Vasco Lourenço C. P. Goulart Ávila
47 anos
21-11-2011
3.287,08

Adjunta
Carla Sofia Botelho Lucas
28 anos
25-01-2012
3.287,08

Técnico Especialista
Bernardo Maria S. Matos Amaral
38 anos
07-09-2011
3.287,08

Técnica Especialista
Teresa Paula Vicente de Figueiredo Duarte
44 anos
21-07-2011
3.653,81

Técnica Especialista
Elsa Maria da Palma Francisco
40 anos
16-01-2012
3.653,81

Técnica Especialista
Maria Teresa Goulão de Matos Ferreira
49 anos
18-07-2012
3.653,81

Secretária pessoal
Maria Helena Conceição Santos Alves
54 anos
18-07-2011
1.882,76

Secretária pessoal
Inês Rute Carvalho Araújo
46 anos
18-07-2011
1.882,76

Secretária pessoal
Ana Clara S. Oliveira
38 anos
13-07-2011
1.882,76

Secretária pessoal
Maria de Fátima M. L. Hipólito Samouqueiro
47 anos
21-06-2011
1.882,76

Secretária pessoal
Maria Dulce Leal Gonçalves
52 anos
01-07-2011
1.882,76

Secretária pessoal
Maria M. Brak-Lamy Paiva Raposo
59 anos
13-07-2011
1.882,76

Secretária pessoal
Margarida Maria A. A. Silva Neves Ferro
53 anos
21-06-2011
1.882,76

Secretária pessoal
Maria Conceição C. N. Leite Pinto
51 anos
21-06-2011
1.882,76

Secretária pessoal
Maria Fernanda T. C. Peleias de Carvalho
45 anos
01-08-2011
1.882,76

Secretária pessoal
Maria Rosa E. Ramalhete Silva Bailão
58 anos
01-09-2011
1.882,76

Coordenadora
Luísa Maria Ferreira Guerreiro
48 anos
01-01-2012
1.506,20

Técnico administrativo
Alberto do Nascimento Cabral
59 anos
01-01-2012
1.506,20

Técnica administrativa
Ana Paula Costa Oliveira da Silva
42 anos
01-01-2012
1.506,20

Técnica administrativa
Elisa Maria Almeida Guedes
47 anos
01-01-2012
1.500,00

Técnica administrativa
Isaura Conceição A. Lopes de Sousa
59 anos
01-01-2012
1.506,20

Técnico administrativo
José Manuel Perú Éfe
60 anos
01-01-2012
1.506,20

Técnica administrativa
Liliana de Brito
50 anos
01-01-2012
1.500,00

Técnica administrativa
Maria de Lourdes Gonçalves Ferreira Alves
61 anos
01-01-2012
1.506,20

Técnica administrativa
Maria Fernanda Esteves Ferreira
57 anos
01-01-2012
1.506,20

Técnica administrativa
Maria Fernanda da Piedade Vieira
61 anos
01-01-2012
1.506,20

Técnica administrativa
Maria Umbelina Gregório Fernandes Barroso
47 anos
01-01-2012
1.500,00

Técnica administrativa
Zulmira Jesus G. Simão Santos Velosa
47 anos
01-01-2012
1.506,20

Técnico administrativo
Artur Vieira Gomes
53 anos
01-01-2012
1.600,15

Técnica administrativa
Benilde Rodrigues Loureiro da Silva
58 anos
01-01-2012
975,52

Apoio Auxiliar
Fernando Manuel da Silva
68 anos
01-01-2012
975,52

Apoio Auxiliar
Francisco José Madaleno Coradinho
45 anos
01-01-2012
1.472,82

Apoio Auxiliar
Joaquim Carlos da Silva Batista
57 anos
01-01-2012
975,52

Apoio Auxiliar
José Augusto Morais
51 anos
01-01-2012
975,52

Apoio Auxiliar
Maria Lurdes da Silva Barbosa Pinto
58 anos
01-01-2012
975,52

Apoio Auxiliar
Maria de Lurdes Camilo Silva
65 anos
01-01-2012
975,52

Apoio Auxiliar
Maria Júlia R Gonçalves Ribeiro
58 anos
01-01-2012
975,52


Apoio Auxiliar
Maria Natália Figueiredo
64 anos
01-01-2012
975,52

Apoio Auxiliar
Maria Rosa de Jesus Gonçalves
58 anos
01-01-2012
975,52

Motorista
António Francisco Guerra
52 anos
01-01-2012
1.848,53

Motorista
António Augusto Nunes Meireles
61 anos
01-01-2012
2.028,28

Motorista
António José Pereira
48 anos
01-01-2012
1.848,53

Motorista
Arnaldo de Oliveira Ferreira
49 anos
01-01-2012
1.848,53

Motorista
Jaime Manuel Valadas Matias
52 anos
01-01-2012
1.848,53

Motorista
Jorge Henrique S. Teixeira Cunha
52 anos
01-01-2012
1.848,53

Motorista
Jorge Martins Morais
46 anos
01-01-2012
1.848,53

Motorista
José Hermínio Frutuoso
53 anos
01-01-2012
1.848,53

Motorista
Nuno Miguel R. Martins Cardoso
37 anos
01-01-2012
1.848,53

Motorista
Paulo Jorge Pinheiro da Cruz Barra
40 anos
01-01-2012
1.848,53

Motorista
Rui Miguel Pedro da Silva Machado
42 anos
01-01-2012
1.848,53

Motorista
Vitor Manuel G Marques Ferreira
42 anos
01-01-2012
1.848,53

Chefe de Gabinete - 1
Assessores -10 
Adjuntos - 7
Técnicos Especialistas - 4
Secretárias Pessoais - 10
Coordenadora - 1
Técnicos Administrativos - 13
Apoio Auxiliar - 9
Motoristas – 12

 

Como é que a despesa pública alguma vez poderá baixar com esta gente a derreter dinheiro e a encherem os bolsos à custa do nosso sacrifício!?

Como é que se pode aceitar que um Governo derreta dinheiro público assim?

Isto é um ultraje!

 



publicado por Sérgio Passos às 16:42
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Sexta-feira, 16 de Maio de 2014
Estado, para que te quero?

A democracia mais perfeita que eu posso conceber é aquela na qual ao fim de um ano completo eu possa fazer só e exclusivamente meu todo o rendimento que eu haja livremente adquirido até aí.

 

Ao me debruçar consecutivamente sobre os novos problemas técnicos e práticos levantados pelo novo Mapa Judiciário, e deparando-me com as suas nefastas consequências humanas e sociais na administração da Justiça a partir de 1 de Setembro próximo, chego sempre à inevitável conclusão de que o Ministério da Justiça só pode estar assaltado por uma gravíssima e profunda psicopatia anti-judiciária. É que não posso crer como se pode entender ser exequível esta irracionalidade esquizofrénica travestida e sem pés nem cabeça deste Mapa Judiciário!

 

Até que não se crie em Portugal a convicção de que o Estado só pode servir os cidadãos, e não, como tem sido até agora, que ele está ao serviço dos partidos políticos para a exploração dos portugueses, a situação nacional jamais mudará.

 

Tão mal quanto um mau funcionário público é um outro funcionário público que entende que o Estado está ao serviço de uma particular ideologia política. É que o Estado não está ao serviço da opressão e da desigualdade, mas antes e ao contrário, só pode estar exclusivamente ao serviço da liberdade e da igualdade.

 

Todo o funcionário público e todo o político mostram a sua completa inutilidade quanto passam a defender a sua indispensabilidade.
É que deixaram de acreditar na liberdade da sociedade e, ao invés, passaram a defender o direito do seu salário poder oprimir os cidadãos.

 

Todo o político e governante que cometa o hara-kiri merece o meu mais profundo e sentido respeito.



publicado por Sérgio Passos às 18:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014
Passos Coelho um mestre da propaganda.

Passos Coelho já quando era presidente da JSD, já lá vão quase 30 anos, bem sabia e ensinava, que a propaganda era a medida de todo o ilusinismo da política

Ora, a propaganda do Governo de Passos Coelho veio hoje atirar areia para os olhos dos portugueses, vitoriando-se ufano da emissão de dívida pública contra uma taxa de juro de 3,5752%.
A esses grandes pantomineiros e aldrabões, que só enganam os tolinhos e parvinhos, eu lhes respondo só com verdades:
Mas, afinal, esta economia portuguesa raquítica e a definhar para a morte, por acaso, teria condições no presente para pagar mais de juros? Ou, por acaso, serão estes juros suportáveis a médio e longo prazo com o presente crescimento económico anémico, com o progressivo aumento da dívida pública e do desemprego de que a economia portuguesa atualmente padecem?
Eu vos digo, para onde caminhamos, com estas dívidas e mais dívidas e sem um real e verdadeiro crescimento económico, é para um abismo social, humano e económico!
Vão mas é para o raio que os partam incompetentes, aldrabões e pantomineiros de governantes de Portugal!

 



publicado por Sérgio Passos às 18:31
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 12 de Março de 2014
Reestruturação da dívida pública, ou uma ilusão de ótica?
São fáceis de entender os argumentos a favor e contra a reestruturação da dívida pública.
O atual Governo está contra, porque isso lhe convém para a legitimar a política do faz-de-conta, com que ilude o povinho, de modo a que tudo diga e faça... para manter em cima dos ombros dos portugueses o cabresto da atual rapina de impostos e dívidas.
Por sua vez a oposição está a favor, porque isso lhe convém para justificar o discurso do faz-de-conta, com que ilude o povinho, de modo a que mais tarde e quando chegar ao Governo diga e faça... de maneira a manter o mesmo cabresto de impostos e dívidas usado pelo atual Governo.
Mas, será assim tão difícil de entender?!



publicado por Sérgio Passos às 15:30
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2013
Pantominice.

Estes sujeitos social-esquerdistas que nos últimos 39 anos estiveram nos Governos, nos Sindicatos, nos Partidos Políticos e no Estado de Portugal é ouvi-los discutir, atiram as culpas uns para cima dos outros, afastando toda e qualquer responsabilidade na situação desastrosa em que se encontra Portugal. Querem lá ver que a culpa foi afinal dos portugueses comuns, como nós, que se limitaram estes anos todos a pagar, e vamos pagar até ao fim das nossas vidas, as ruínosas e estapafúrdias dívidas que aqueles estupores nos criaram e a ruína em colocaram o país? Mas esta raça de pantomineiros e farsantes de políticos que habitam em Portugal pensarão que estão a falar só para patetas?

 

 



publicado por Sérgio Passos às 23:41
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Quinta-feira, 5 de Dezembro de 2013
O garrote da dívida externa apenas foi adiado!

No dia de ontem foi mais uma vez recriada a ilusão de que Portugal está a conseguir resolver a sua imensa dívida externa, ao ir aos mercados de dívida e trocar dívida velha por dívida nova. O garrote da dívida foi apenas aliviado por "umas horas", a ilusão do grave problema serve unicamente para tornar o garrote ainda mais forte e mais implacável no futuro e, mais cedo ou mais tarde, ele cumprirá o seu destino na vida nacional estrangulando-nos a todos. Os problemas desta ilusão em que os portugueses vivem são "apenas" 3: de cada vez que o Estado Português troca dívida aumenta o valor global e final da dívida (capital+juros), o montante de capital da dívida relativa a juros cresce e esta parcela, por sua vez, também vence juros e, um dia, finalmente, a dívida monstruosa, que entretanto não parou de crescer, vai ter de ser mesmo paga. O valor dessa dívida e os seus crescentes custos exigem de um crescimento da economia superior a 3%, o que o país não cresce, nem crescerá com este atual sistema político e económico social-estatista, partidarista e social-comunista. A dívida é apenas uma bomba ao retardador que, mais cedo ou mais tarde, nos vai rebentar na cara. Ou, como iremos nós pagar esta crescente dívida? Pagamo-la com nossa independência? Entregamos uma parte do território ou dos nossos recursos naturais aos credores estrangeiros? Ou... vendemos os nossos filhos para o trabalho escravo na China ou na Alemanha? A dívida externa e o permanente adiamento da sua definitiva solução, ou seja, enquanto não houver uma efetiva renegociação e o perdão de uma sua parte, só nos aumentarão a pobreza e o sub-desenvolvimento nacional. Mas, lamentavelmente, são a mentira e o ilusionismo que Governa(m) Portugal e este povinho de tolos acredita piamente nestes pantomineiros e vendilhões, que só nos levam a um certo e enorme desastre! Só a mudança destes políticos e destes partidos políticos social-estatistas, criando uma democracia liberal e cívica, implantando uma economia liberal e humana, poderá mudar o rumo tragédia anunciada e certa!

 

 



publicado por Sérgio Passos às 08:20
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 2 de Dezembro de 2013
Estaleiros Navais da Incompetência Nacional.

Mas alguém em juízo perfeito pensará que estes governantes e políticos nos negócios do Estado Português "dão ponta sem nó"? Ou, como poderão explicar estes fulaninhos as suas vultuosas fortunas e a crescente ostentação de sinais de riqueza milhares de vezes superiores aos seus parcos e cada vez mais curtos salários oficiais? O processo da privatização dos Estaleiros de Viana do Castelo é apenas mais um, entre milhares de outros, casos suspeitos de negociatas muito mal explicadas, onde, certamente, também abundam inúmeros sinais de total incompetência dos decisores políticos. E as ligações promíscuas entre Ministros, Sociedades de Advogados e Gestores mercenários de ocasião apenas se limitam a revelar o óbvio das ligações perigosas que presidem aos processos negociais em causa. Os Estaleiros de Viana, como tantas outras, tais como a TAP, CP, Refer, Metros, etc., para além de mostrarem a péssima e enorme incompetência dos sucessivos governos na gestão das ineptas empresas públicas, põe também a nu o terrorismo político, económico e social dos demais atores envolvidos. Os sindicatos, os partidos políticos, os Governos Central e Regional, o Presidente da República, os Deputados e as Câmaras Municipais, em geral e em particular, são descarada e assumidamente agentes odientos e destrutivos que tudo fazem para destruírem e levarem Portugal ao charco. Onde é que está a justiça para punir estes tantos bandidos? É mesmo muita a pretensão a dos esquerdistas ao criticarem e quererem substituir os outros esquerdistas no governo das empresas públicas, julgando-se uns melhores do que os outros. Afinal, todos eles, só ainda não perceberam que a sua vaidade mostra-os exatamente iguais, porque e caso fossem melhores tudo fariam para se livrarem das causas da corrupção político e económica que está por detrás da sua gestão, ou seja, privatizando essas empresas públicas ruinosas. Mas, afinal de contas, o que todos eles querem é, como o povo diz sabiamente, mandar e mamar!

 

 



publicado por Sérgio Passos às 22:26
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 18 de Novembro de 2013
Um muito estranho "lapso material" em negócio entre o Governo de Portugal e a PT-Telecom!

Foi publicado no passado dia 15 do corrente mês no Diário da República a Resolução do Conselho de Ministros n.º 72-A/2013, aprovando a realização de um acordo formal, para a respetiva respetiva venda, dos equipamentos ou infraestruturas do sistema fixo de acesso de assinante, da rede de transmissão, dos nós de concentração, de comutação e processamento da rede de comunicações, ou seja o conjunto elementos que, nos termos do artigo 12.º da Lei de Bases de Telecomunicações, em vigor à data da celebração do respetivo contrato, celebrado a 27 de dezembro de 2002 entre o Estado e a PT Comunicações, S.A., compunham a rede básica de telecomunicações nacionais.

Ora e segundo esta nova resolução a outorga formal do novo contrato tem em vista a regularização da venda do acervo de bens que compunham a rede básica de telecomunicações e da rede de telex e que por razão de "um lapso material" não foram incluídos no "Anexo II" do contrato do anterior negócio de compra e venda e cuja minuta foi aprovada então pela Resolução do Conselho de Ministros n.º 147/2002, de 26 de dezembro.

Veja-se: a universalidade de infraestruturas de telecomunicações que integravam a referida rede básica à data do anterior negócio de alienação de 2002, parece, diz-se agora, por razão de um "lapso material", não foram incluídos no anexo do contrato que identificava as infraestruturasobjeto.

Ainda mais estranho é que a própria PT-Telecom integrou contabilisticamente e registou, entre 1 e 27 de dezembro de 2002, esses bens no seu ativo.

E durante 11 anos, qual sono de princesas, ninguém se deu conta de nada!

E as nossas perguntas surgem:

Então e só agora e passado quase 11 anos é que se detetou que um vultuoso conjunto de bens do património do Estado não foi integrado naquele contrato e tenha assim ficado de fora? E, para além da Anacom, quem mais é que agora fiscaliza isto? Como é que foi acontecer? "Lapso material" mesmo? Alguém acredita mesmo na enormidade deste lapso e logo num contrato celebrado entre o Governo Português e a PT-Telecom? E quem foram os incompetentes que redigiram esse contrato?

Tudo isto parece muito estranho e e cheira a esturro!!!

 



publicado por Sérgio Passos às 10:54
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

Aeroporto do dito cujo

O Estado Português na mão...

Presidência do Conselho d...

Estado, para que te quero...

Passos Coelho um mestre d...

Reestruturação da dívida ...

Pantominice.

O garrote da dívida exter...

Estaleiros Navais da Inco...

Um muito estranho "lapso ...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

tags

todas as tags

links
Contador
blogs SAPO
subscrever feeds