Ideias e poesias, por mim próprio.

Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2012
...

Só será possível fazer mudanças para melhor no mundo, quando espalharmos a felicidade e a alegria nos rostos à nossa volta e fizermos por elas tudo o que gostaríamos que fizessem por nós.
Isto é, clara e inegavelmente, o oposto do egoísmo.
É a verdadeira e genuína solidariedade!



publicado por Sérgio Passos às 17:46
link do post | comentar | favorito
|

...

A realidade só poderá mesmo mudar para melhor quando todos formos capazes de fazer brilhar o melhor dos outros e só fazendo deles fazer o seu melhor.
Até lá e enquanto assim não for, continuamos a deixar destruir os maiores recursos da Terra e fazendo empobrecer os meios para a felicidade global de todos nós.



publicado por Sérgio Passos às 17:45
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 17 de Novembro de 2011
Gosto de gente.

Gosto de gente.
Gente que te olha nos olhos.
Gente que se reparte por inteiro.
Gente que entende o valor do simples.
Gente que não complica.
Gente que não tem medo de abraçar sem medida e sem malicia.
Gente com sorriso largo.
Gente de coração acolhedor.
Gente que é sensata.
Gente que reconhece suas limitações.
Gente que saber discernir sem julgar.
Gente sempre disposta a recomeçar.
Eu gosto de gente que não tem medo de ser o que é.
Eu gosto de gente, simples assim!

 



publicado por Sérgio Passos às 15:34
link do post | comentar | favorito
|

Quarta-feira, 9 de Novembro de 2011
Alma minha gentil.

Há um recanto no espaço entre este arvoredo

Por aqui onde se enrolam e abraçam os ramos

Neste canto há uma vida encoberta, contudo

Aqui mesmo correram vidas, correm dias e correrias

Neste dia e nesta noite há aqui uma luz cantando

A uma só voz são perspectivas se digladiando

Vou neste caminho nesta passagem

Vou nesta vereda nesta desfolhada

O ser é um ter de experiências e contos

Aqui há passados, presentes e vindouros

Uma vida de várias vidas fazendo a sua natureza.

 

Há aqui um recanto e nele abundam vidas

O sol espreita lá de cima e entre as ameias

Dias não são dias nem são, e

Nem só de pão são feitas as nossas tristezas

Noites não são dias nem de noite, e

Nem só da fartura nem da alegria não

Tenho dias e não tenho, dias são

Tenho o meu canto e me canta e me cansa

Pode até chover e haver dúvidas neste recanto,

Mas seguramente eu juro e não devo, exijo

Há-de haver onde se façam o seu sol e as suas respostas.



publicado por Sérgio Passos às 10:24
link do post | comentar | favorito
|

Sábado, 2 de Julho de 2011
A alma da música.

Assopro de cordas e músculos

Voz do peito e do pulmão

Voz que brota da batida do coração

Ar de palavras e tons que expira e inspira

Ar que a vida soa e respira.

 

Fel, amor, sofrimento, revolta e grito

Gutural, sensual, assoprada, compassada, ritmada, com e sem

Acelerada, lenta, melódica, instrumentada, com e sem

Humana de nascimento, inventada e reinventada

Máquinas e instrumentos a embalam em contínua senda.

 

Companhia de amores e paixões, de povos e nações

Hinos, baladas, batidas, fados, enfados, e sem número

Sina sem limites nem fronteiras, por vozes sem número

Sentimentos, pensamentos e expressões falando em canto

Sinais de Deus fazendo-se ver em-canto.



publicado por Sérgio Passos às 01:58
link do post | comentar | favorito
|

Quinta-feira, 30 de Junho de 2011
Democracia é amor.

São poucos, muito poucos neste país.
Essa tão especial e nobre qualidade, ou tão ímpar característica, não se faz por se dizer que o é; não se faz portanto nem por decreto, nem pela força, nem pelo convencimento, e tão-pouco pelo jugo quer da razão ou dos seus argumentos.
Ser-se democrata é um misto e uma reunião muito singular de várias grandes e belas qualidades, contudo nenhumas delas são ordens e também não são servilismos.
É em primeiro lugar um apaixonado de estado de alma.
É pois um misto de romantismo com constante ansiedade de superação, é humildade aliada com carisma, é ter-se o desejo de servir o outro sem pedir ou regatear nada, é saber ouvir e saber ser ouvido simultaneamente, é desprender-se das suas razões em troca do prémio da superioridade das razões dos antagonistas, é ter-se razão por um só momento e nunca saber por dado adquirido.
Ser-se democrata é de certeza uma incerteza, é viver numa dúvida constante.
É de tal modo caminhar assim contraditoriamente a vida na certeza incerta que o mundo continua vivo todos os dias e que os amanhãs nos farão continuar a acreditar que os outros também são parte de nós.
Ser-se democrata é um viver num constante apaixonado diálogo de inquietação com os outros, vivendo a nostalgia de que as nossas verdades se fazem e refazem constantemente todos os dias com as diferenças dos outros, ora aceitando ora discordando, mas e contudo jamais negando o direito das contrapartidas aos outros.
Ser-se democrata é uma súmula e um labor de ideais livres, de liberdades e de procuras intermináveis e solidárias, feitas trocas, aquisições e dádivas.
A democracia é a liberdade de tudo o que começa e recomeça incessantemente todos os dias do indivíduo e do colectivo, ora se fazendo ora se desfazendo na companhia das ideais e das pessoas todas diversas e diferentes

E sempre tomando-nos nós pela certeza de irmãos nesta aventura da vida começada muito antes de nós, desejando nós esperançadamente que jamais termine, mesmo depois de terminarmos.
E talvez no final ser democrata se resuma a uma só palavra ou, quiçá, ainda mais complexa definição: é amor!



publicado por Sérgio Passos às 11:37
link do post | comentar | favorito
|

Terça-feira, 20 de Julho de 2010
É um rio.

Preciso tanto de ti como um leito precisa da água que passa por ele, para juntos se formarem num rio.


tags: , ,

publicado por Sérgio Passos às 16:08
link do post | comentar | favorito
|

Sexta-feira, 4 de Junho de 2010
Um abraço.

Um abraço

Envolve-me nos teus desejos estendidos

Aperta-me o meu ser em minh`alma

Toca teus dedos todos ao redor sagrado

Vem com teu coração ao encontro deste

Dá-me teu querer amizade retribuída

Um gesto vale mais que mil gestos

Um gesto tal sem igual de iguais não há nem há-de

Teu peito toca no meu âmago e ressalto

Vem amigo camarada irmão aqui nos damos

Não há sinal nem espada contra quem

Um abraço é um afago e tem Deus por pai

É nascido antes mesmo do colo de mãe

É leite de peito escorrido em teus lábios criança

É vida e fragor da humanidade e da bondade

Um abraço é paz feita como quem faz amor.



publicado por Sérgio Passos às 19:30
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 26 de Abril de 2010
Perfeição.

Quanto mais depressa aceitares a metade da imperfeição da tua natureza mais depressa perceberás como o amor te completa com a outra metade que te falta. E é então, e sem que percebas, que tudo passa a ser felicidade.


tags: ,

publicado por Sérgio Passos às 22:25
link do post | comentar | favorito
|

Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008
Felicidade.

O caminho para a felicidade é simples.

É uma mera escolha de entre dois caminhos.

Ou dedicar-se a outro até o fazer absolutamente feliz, ou dedicar-se unicamente a si próprio e fazendo dos outros os meios do seu egoísmo.



publicado por Sérgio Passos às 01:48
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

...

...

Gosto de gente.

Alma minha gentil.

A alma da música.

Democracia é amor.

É um rio.

Um abraço.

Perfeição.

Felicidade.

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

tags

todas as tags

links
Contador
blogs SAPO
subscrever feeds