Ideias e poesias, por mim próprio.
Terça-feira, 5 de Agosto de 2014
A injustiça do compadre de Miguel Sousa Tavares.
Segundo as notícias da imprensa, Ricardo Espírito Santo, no últimos dias do seu reinado à frente do BES, fez desaparecer do seu Banco a bela quantia de 1,5 mil milhões de euros, ou seja, quase 1% do PIB português.
Para que se perceba a grandeza deste "roubo" praticado, representa qualquer coisa como toda a riqueza, ou produto do trabalho, produzida por 100 mil portugueses num ano, ou, a riqueza produzida em 3,5 dias por todos os 10,5 milhões de portugueses.
O Código Penal, a provar-se o delito e caso alguma vez viesse a ser condenado, coisa muito improvável face à natureza poderosa, influente e muito rica desta personagem da banca e da política portuguesas, prevê uma moldura de pena de prisão, ou a título do Crime Furto ou a título de Crime de Abuso de Confiança, de um mínimo de 1 ano a um máximo de 8 anos de prisão.
Ainda, contando com a aplicação de uma liberdade de provisória ao fim de cumpridos 2/3 da pena, teríamos que, no máximo, ao fim de de pouco mais de 5 anos e meio o autor deste pornográfico roubo estaria em liberdade e pronto para ir gozar o ultra-milionário produto dos seus crimes.
O conhecido banqueiro norte-americano Madoff por ter praticado um um delito bancário semelhante, enganando os depositantes e investidores, em meros 0,0004% do PIB dos EUA, foi punido pelos tribunais norte-americanos com uma pena de prisão perpétua.
Afinal, onde é que está o verdadeiro sentido de equidade da lei, do direito e da justiça portuguesas?

Fontes:
http://www.asjp.pt/2014/08/04/kpmg-avisou-banco-de-portugal-sobre-novo-buraco-no-bes/
http://www.tvi24.iol.pt/economia---economia/bes-ges-ricardo-salgado-carlos-costa-banco-de-portugal-tvi24/1567058-6377.html



publicado por Sérgio Passos às 11:23
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


posts recentes

O tempo da Justiça

População

A patranha do crescimento...

Portugal pode acabar, a n...

O lixo financeiro e a mer...

34 medidas para reformar ...

Eleições para caciques

O Palhaço e o Burro

Definição de Socialismo (...

A "cláusula democrática" ...

arquivos

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

tags

todas as tags

links
Contador
blogs SAPO
subscrever feeds