Ideias e poesias, por mim próprio.
Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008
A gaja.

Ser gaja é uma síndrome e um estado de coisa nenhuma.

A gaja é a gaja

É a morena loura e a chique

É vazio e aparência: é tudo e nenhuma coisa.

Ser gaja é uma lufa-lufa de adereços e trapos.

 

As gajas paleiam, dizem-se e pelos cotovelos

Reunidas soam-se escutadas

Esganiçam suas vozes e seus relinchados acordes.

Cacarejam em seus dentes e postiços,

Esvoaçam suas penas e seus degredos.

 

Têm Messenger e muitos nadas onde caírem mortas

Têm telemóveis e cêntimos de tempo.

Têm e não seus amos e seus servos

Também eles são gajos

Têm ou não seus gajos e seus chulos.

 

São-no gajas e vivem-se em ansiedades

Têm xanaxes, rímeis, cigarros e já estão mortas.

São fúteis dias em vidas exangues.

Têm a vida dos outros ausentes da sua

Nem putas, nem mães, nem coisa alguma

Vivem os dias finais em suas sem vidas.



publicado por Sérgio Passos às 23:33
link do post | comentar | favorito
|

Domingo, 9 de Novembro de 2008
Saudade.
Soube em tempos o perfume das naturezas

Tempos houveram em que as flores me perfumavam.

Cheiros e perfumes em tempos me encantavam;

Foi o presente procurado em idos tempos.

 

Sei o que sei de memórias e certezas

Procuro e encontro uma presença perfumada,

Não procurei e me foi encontrada.

Resido agora em vindos contratempos.

 

Quero decerto, e almejo bruscas levezas.

Verdura amadurecida que nest`alma perscruta.

Ser este que me exala uma agridoce alegria e me assusta.

Tempos houveram num passado e são certos agora em novos tempos.

 

Aceito e oponho essências erguidas das cinzas

São seguros os alvores destas alvas manhãs

Eis apelando que a chamo para todos os amanhãs

Sinto-o e basta, pois são certos estes novos tempos.

tags: ,

publicado por Sérgio Passos às 23:53
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

População

A patranha do crescimento...

Portugal pode acabar, a n...

O lixo financeiro e a mer...

34 medidas para reformar ...

Eleições para caciques

O Palhaço e o Burro

Definição de Socialismo (...

A "cláusula democrática" ...

Justiça para Pedrógão Gra...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

tags

todas as tags

links
Contador
blogs SAPO
subscrever feeds