Ideias e poesias, por mim próprio.
Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2013
A treta da democracia portuguesa!

Desde o 25 de Abril de 1974 que Portugal vive um regime partidocrático.

Desde à 3.000 anos da Grécia Antiga que sabemos que a Democracia é um sistema de participação cívica em que todos os indivíduos têm o direito, em condições de igualdade e sem qualquer distinção, poderem eleger e ser eleitos.

Em Portugal, o sistema de ditadura partidária imposto pela Constituição Política marxista, imposta pela força das armas dos militares comunistas em 1974 e 1975, tem refém a Assembleia da República.

Os cidadãos comuns estão excluídos do Parlamento e dos restantes Órgãos de Soberania e, desde a Presidência da República à mais pequena Câmara Municipal, funciona a lógica do quintal privado dos Partidos Políticos.

Os Partidos Políticos escolhem quem se pode candidatar e quem pode ser eleito, a disciplina partidária obriga os eleitos a cumprirem com as diretrizes dos partidos, agindo mesmo contra a vontade e o voto dos seus eleitores.

O Estado Português e o Erário Público são uma coutada particular dos Partidos Políticos, os portugueses são meros escravos pagadores de impostos e não são vistos nem achados na distribuição riqueza nacional.

Ao povo português sobra a miséria e a fome!

A recente fantochada promovida pelo Governo na conferência realizada em Lisboa à porta fechada, acerca da pretensa reforma ou refundação do Estado, demonstra bem o sistema mafioso, corrupto e antidemocrático dos principais agentes políticos e económicos nacionais a funcionar em circuito fechado.

Desde 1974 que o zé-povinho só existe para pagar as contas da corrupção, das mordomias e da agiotagem política e financeira, sejam as dívidas do Estado, das Autarquias, das Empresas Públicas, do BPN, do BANIF, etc…, mas não para se pronunciar sobre os assuntos que lhe dizem respeito, e nem sequer tem direito a ser informado pela comunicação social do que aquelas “luminárias” lá se entretêm a mancomunar uns com os outros!

A partidocracia é a causa da destruição de Portugal e até que não haja uma democracia eleitoral e cívica de pessoas jamais haverão felicidade e progresso para os portugueses.

 

 

(artigo do autor publicado na edição de 1 de Fevereiro de 2013 do mensário regional Horizonte, de Avelar, Ansião, Leiria - http://www.jhorizonte.com)



publicado por Sérgio Passos às 14:34
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
15
16

17
18
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


posts recentes

O lixo financeiro e a mer...

34 medidas para reformar ...

Eleições para caciques

O Palhaço e o Burro

Definição de Socialismo (...

A "cláusula democrática" ...

Justiça para Pedrógão Gra...

Crescimento económico de ...

Contribuintes portugueses...

64 homicídios

arquivos

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

tags

todas as tags

links
Contador
blogs SAPO
subscrever feeds