Ideias e poesias, por mim próprio.
Sábado, 1 de Setembro de 2012
RTP: serviço público ou luxo para alguns?

Está prestes a ser acabado dos maiores e mais inútil buraco e sorvedouro de dinheiro em Portugal.

O Governo veio a público “ameaçar” com a concessão da RTP, numa espécie de balão de ensaio, antes de apresentar uma solução que há muito que se adivinhava ter de passar pela sua entrega aos privados.
Eis senão, perante a eminente privatização, quando conhecidos esquerdistas e demais fundamentalistas vêm a público clamar pela “vaca sagrada” do pretenso serviço público de televisão.
O “papista” António Seguro do PS veio logo dizer que com ele a RTP voltará às mãos do Estado e que pede ao PR Cavaco Silva que conserve este monstro na posse do Estado, que é como quem diz para se manter esta aberração despesista a pagar pelos contribuintes.
Ora, como os portugueses bem sabem a RTP sempre serviu os partidos políticos do sistema e jamais contribui para a liberdade de expressão coletiva.
A RTP é até considerada por muitos portugueses e democratas como um dos maiores inimigos da pluralidade de opinião e da liberdade de expressão em Portugal.
Apesar da sua inutilidade social e da sua estafada programação “à malato”, em que se destacam os repetidos e velhos concursos de saloiices e outras adivinhas e os Karaokes com as estrelas da casa e dos seus amigos, a tv pública vai acumulando prejuízos e, o absurdo, de mais canais, estes que já se contam em 6, a RTP 1, RTP 2, RTP Internacional, RTP Memória, RTP Informação e RTP África.
O facto é que esta "vaca" é muito “fina” e só se governa com rios de dinheiro, senão veja-se: em 2011 gastou 417,5 milhões de Euros, tendo recebido diretamente do Orçamento Geral de Estado 266 milhões e da taxa de Contribuição de Audiovisual (paga na conta da luz) 151.5 milhões de euros.
Desde 2009 a RTP já custou aos portugueses a “módica quantia” de 1.000 milhões de euros.
Entre os seus gastos faraónicos temos as suas estrelas de companhia, em que se destacam, entre outros e em números redondos, os seguintes salários mensais: Fátima Campos Ferreira 10.000 €, Catarina Furtado 24.000 €, Fernando Mendes 20.000 €, José Carlos Malato 20.000 €, Maria Elisa 7.000 €, Jorge Gabriel 18.000 €, João Baião 15.000 €, Sónia Araújo 14.000 €, Tânia Ribas Oliveira 10.000 €, Sílvia Alberto 10.000 €, Guilhermino Costa (Presidente da RTP) 17.000 € Mercedes Cartão de Crédito, José Araújo e Silva (Vogal da RTP) 16.850 €, Nuno Santos (Diretor de Informação) 8.000 €, Vítor Gonçalves 8.000 €, José Rodrigues dos Santos 13.000 €, Rui Pêgo 8.000 €, Fernando Mendes 20.000 €, Paula Moura Pinheiro 4.000 €, Vítor Gonçalves 8.000 €.
Tem a seu cargo neste momento 2 mil trabalhadores espalhados por todo o mundo, paga avenças mensais a vários comentadores de serviço, na ordem de 600 € mensais, como Marinho Pinto, Rui Rangel, Moita Flores, António Mendonça, Carvalho da Silva, Joana Amaral Dias, Paulo Rangel, Bagão Félix, entre outros.
Tem como responsabilidade financeiras até 2013 com a renda de 33 automóveis de luxo o encargo de 1,1 milhões de euros e só ao seu director financeiro, que se faz transportar num porche, tem de custear mensalmente 3.000 € com a gasolina do seu "popó".
O passivo operacional acumulado pela RTP ascendia no final de 2011 a 716 milhões de Euros.
Depois destes dados, sabendo-se que em Portugal há milhões de portugueses passando privações e fome, crianças subnutridas e até idosos morrendo sem cuidados médicos, fico-me com uma pergunta: para que será que este enorme “elefante branco”, chamado RTP, serve?
Serviço Público não é de certeza!
 


publicado por Sérgio Passos às 15:15
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

População

A patranha do crescimento...

Portugal pode acabar, a n...

O lixo financeiro e a mer...

34 medidas para reformar ...

Eleições para caciques

O Palhaço e o Burro

Definição de Socialismo (...

A "cláusula democrática" ...

Justiça para Pedrógão Gra...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

tags

todas as tags

links
Contador
blogs SAPO
subscrever feeds