Ideias e poesias, por mim próprio.
Terça-feira, 3 de Abril de 2012
Aristides Sousa Mendes morreu à 58 anos.
Aristides Sousa Mendes, faz hoje, 3 de Abril, precisamente 58 anos que morreu.
Um dos maiores Homens de Portugal, com um enorme espírito humanista e que durante a II Guerra Mundial salvou a vida a 30.000 pessoas, desafiando directamente ordens de Salazar e que veio a sofrer, inclusivamente até à completa ruína material, as consequências do seu acto Humanista.
A 16 de Junho de 1940 terá dito: "A partir de agora, darei vistos a toda a gente, já não há nacionalidades, raça ou religião", para heroicamente salvar os judeus da morte.
Lembramos uma vez mais que o Estado português continuar a desprezar a sua casa em Cabanas de Viriato, Viseu, ao abandono e à ruína.

A este Grande Homem os actuais poderes públicos não prestam nem homenagem nem tributo. Pois, pudera, perante a sua mera sombra decerto que se eclipsariam.
Curvemo-nos perante a sua memória!

 

http://mvasm.sapo.pt/ (sítio do Museu Virtual de Aristides Sousa Mendes)



publicado por Sérgio Passos às 19:43
link do post | comentar | favorito
|

1 comentário:
De Maria José Rijo a 31 de Maio de 2012 às 16:08
Não posso estar mais de acordo consigo relativamente ao carácter extraordinário de Aristides de Sousa Mendes.
Apenas duas rectificações: 1ª passam 58 anos, este ano, sobre a morte de Aristides de Sousa Mendes; 2º a intervenção dele não resultou apenas na salvação dos judeus (terão sido 10 000, aproximadamente), mas mais de 20 000 pessoas perseguidas, que não eram udeus, foram salvas!
Divulguemos esta tão magna figura! Que prenda tão grande seria a recuperação da Casa do Passal na passagem dos 60 anos sobre a sua morte!


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

População

A patranha do crescimento...

Portugal pode acabar, a n...

O lixo financeiro e a mer...

34 medidas para reformar ...

Eleições para caciques

O Palhaço e o Burro

Definição de Socialismo (...

A "cláusula democrática" ...

Justiça para Pedrógão Gra...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

tags

todas as tags

links
Contador
blogs SAPO
subscrever feeds