Ideias e poesias, por mim próprio.
Sábado, 10 de Março de 2012
O dono da tabacaria e a sua namorada (3).

A relação destes dois seres tão diferentes e tão estranhos entre si, para mim, parece assemelhar-se à da perspetiva de um descobridor perante os povos nativos das áfricas, quais portugueses do século XV perante os novos mundos que ia descobrindo após ultrapassar o Cabo Bojador.

Famoso cabo esse o ultrapassado por Gil Eanes, em 1434, um mito que até aí inspirou lendas e medos sobre a existência de monstros marinhos e a falsa convicção da sua intransponibilidade, em virtude do desaparecimento de embarcações que anteriormente o tinham tentado contornar.

O Cabo Bojador, sendo constituído por recifes de arestas pontiagudas, pelo seu aspeto, era de maneira a dar aquela região um carácter ainda mais assustador e parecendo assim, às mentes mais medrosas e mesquinhas, tornar a navegação muito arriscada.

Qual medo infundado, como tantas outras prisões de grilhetas mentais, logo que dobrado, veio a mostrar um imenso novo mundo de espantosos e esplendorosos mundos que seguiram à primeira baía plácida encontrada, de ventos amenos, e derrubando os medievos e velhos receios passados.

Vencido o cabo e após ele abriram-se os caminhos para os grandes descobrimentos portugueses, essa grande e primeira globalização cultural, económica, social e étnica.

O mundo dos homens e a sua evolução passada até aí, de milhões de anos, vieram a reencontrar-se pela corajosa ação dos homens valentes de Portugal dos séculos XIV a XVI.

Estava criada a primeira civilização transoceânica.
Esta história fantástica, assim contada, traz-nos à memória o poema "Mar Português" de Fernando Pessoa:

"Valeu a pena? Tudo vale a pena

Se a alma não é pequena.

Quem quer passar além do Bojador

Tem que passar além da dor.

Deus ao mar o perigo e o abismo deu,

Mas foi nele que espelhou o céu."

 

(continua)



publicado por Sérgio Passos às 16:21
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

População

A patranha do crescimento...

Portugal pode acabar, a n...

O lixo financeiro e a mer...

34 medidas para reformar ...

Eleições para caciques

O Palhaço e o Burro

Definição de Socialismo (...

A "cláusula democrática" ...

Justiça para Pedrógão Gra...

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

tags

todas as tags

links
Contador
blogs SAPO
subscrever feeds